Arquivos mensais: junho 2009

o poro no bloomsday

pombo-correio01

pombo-correio02

pombo-correio03

1. Bloomsday é o dia em que leitores do mundo inteiro comemoram a passagem de James Joyce pelo planeta. Seu livro Ulysses é uma epopéia que se passa nas 24 horas do 16 de junho 1904 na vida de Leopold Bloom. Na Irlanda o dia é inclusive feriado. Quem procurar no google vai encontrar Bloomsdays por todo o planeta. Em Belo Horizonte, desde 1990, a tradição de se comemorar este dia está sob os cuidados do Grupo Oficcina Multimedia. E eles sempre inventam algo divertido, irreverente.

2. Este ano, uma parte das comemorações foi na Praça 7, com banca de cartas de amor e a intervenção do Poro. Acima, deixo com vocês algumas das fotos da proposição que encheu o céu da cidade cinza de cores e asas. Espero escrever algo mais em breve.

aimé césaire: 96 anos

hoje, dia 25 de junho de 2009, o poeta aimé césaire completaria seus 96 anos, não fosse os orixás o requisitarem para um bate papo no orum no meio de abril do ano passado. para celebrar, um poema de autoria dele sobre a bahia. quem quiser ler o original, favor clicar aqui.

Carta da Bahia de Todos os Santos

Bahii-a

Como que um gole arretado de cachaça na garganta de Exu e a palavra delirou em mim um relincho de ilhas verdes mulheres nadadoras salpicadas entre a imodéstia das frutas e um baque de papagaios

Bahii-a

a curva de um colar caído rumo ao seio aberto das águas bobinado no oco seus pentelhos de ressaca

Bahii-a

deriva de continentes, um ir-se de terra, um bocejo geológico na hora fastuosa da ancoragem, o cochilo à âncora e mal domado no lugar

Bahii-a

de nostalgia, de gengibre e de pimenta, Bahia das filhas de santo, das mulheres de Deus, com pele de camarão cor-de-rosa, com pele de vatapá também

Ah! Bahii-a!

Bahia de asas! de conivências! de poderes! Campo Grande para as grandes manobras do insólito! De todas as comunicações com o desconhecido, Central e Aduaneira.

De fato, de Ogum ou de são Jorge, não se sabe, nuvens solenes cruzaram a espada, intercambiaram pérolas, caniços, búzios rosados, búzios cor-de-malva, aranhas encrustadas, siris vorazes, lagartos raros

e a palavra termina no esfolamento clandestino dos mais altos senhores do céu

Ah! Bahia!

Esse foi então o entorpecimento de incenso azulejado de ouro numa pesada sesta na qual se fundiam juntos igrejas azulejas, marejos de além-morro de tambores, foguetes moles de deuses culminados, de onde a manhã se ergueu, dengosíssima, graves meninas cor de jacarandá, penteando lentamente seus cabelos de alga.

Do livro ferrements et autres poèmes de aimé césaire

Oxumenina – Letra e música

Algumas pessoas que passam por aqui já estão sabendo: minhas relações com a música têm dado novas dimensões à minha criatividade (esta é também uma das razões de um certo sumiço momentâneo). A participação na performance CorpoTambor, do Benjamin Abras me trouxe de volta o violão. Em seguida, algumas composições furtivas. Como por exemplo a que fiz para o poema Oxumenina, do meu amigo poeta-jornalista-antropólogo-músico George Cardoso. Uma madrugada de insônia, rodeado de arpejos, escalas e partituras, resultou na música cuja letra eu deixarei aqui, só para começar. Aguardem novas novidades quem gostar de.

Oxumenina
(Leo Gonçalves – George Cardoso)

Oxumenina
Dança na minha cabeça
Dança na minha saudade
Batá batuca pra tua beleza
Batá batuca pra tua beleza

Ô flor nupê
Põe teus sorrisos nos meus
Nas águas dos olhos meus
Ayabá do meu viver
Ayabá do meu viver

Oxumenina
Canto pra ser teu obá
Sonho é poder te tocar
Oraieie ô teu prazer
Oraieie ô teu prazer

MIP2

Em 2009 o CEIA – Centro de Experimentação e Informação de Arte realizará a segunda edição da MIP. Nesta edição, o evento propõe leituras transversais entre a performance e outras linguagens artísticas como a dança, o teatro e a música com a proposta de não privilegiar apenas o olhar determinado pelas artes plásticas, mas de dar ênfase à diluição das fronteiras entre as várias linguagens artísticas. A programação inclui workshops, palestras e apresentações, com a participação de mais de 30 artistas locais, nacionais e internacionais.

MIP2 - Movimentação Internacional de Performance

2009 – Belo Horizonte, Brasil
de 20 a 31 de julho: workshops
de 03 a 09 de agosto: semana de apresentações, vídeo-performances e ciclo de palestras

AS INSCRIÇÕES PARA ESPAÇO ABERTO E WORKSHOPS FORAM PRORROGADAS: de 11 de maio a 15 de junho

Saiba mais nos endereços:

www.ceia.art.br
www.virgulaimagem.redezero.org