Arquivos mensais: março 2014

Sarau do Memorial – com Leo Gonçalves e Bruno Brum

Sarau do Memorial

Sábado, dia 29 de março, eu e Bruno Brum participaremos do Sarau do Memorial. Na ocasião, falaremos um pouco da nossa trajetória como poetas e como poetas-tradutores, comemorando especialmente os dez anos da primeira edição dos nossos primeiros livros: das infimidades (meu) e Mínima ideia (do Bruno).

Interessante é como nossos trabalhos (meu e do Bruno) tão diferentes entre si, encontram pontos de contato constantemente. Da ideia do minimínfimo ao gosto pela tradução, passando pelos olhares sobre o mundo ao redor e os influxos que nos levaram à produção do meu Use o assento para flutuar e do Mastodontes na sala de espera, dele, tudo isso escapando das mais imediatas influências mútuas. Como disse: temos algo em comum embora sejamos totalmente diferentes.

Durante o evento, falaremos poemas antigos e inéditos. O papo vai ser bom. E reto. Poesia viva. Quem estiver em BH, apareça lá.

Local: Memorial Minas Gerais Vale – Casa da Ópera
(Praça da Liberdade, s/n˚, Esquina com Rua Gonçalves Dias
Belo Horizonte – Minas Gerais – Brasil)
Quando: sábado, dia 29/03/2014 às 11h e às 13h
Entrada franca (sujeita à lotação do espaço)

Saiba mais no www.memorialvale.com.br