zunái – um caleidoscópio de maravilhas

ESCRITO NO MEU SONHO POR W. C. WILLIAMS

“Já que você
carrega

uma
conhecida

verdade
Mais

conhecida como
Desejo

Pra quê
vesti-la de

adornos
ou torcê-la até

ficar
sob medida

para ser
entendida?

Arrisque-se –
Nariz

olhos orelhas
língua

sexo e
cérebro

atirados ao
público

Confie
no seu

próprio
taco

Escute
você mesmo

Fale com
você mesmo

e outros
o farão

felizes,
aliviados

de um fardo –
seu próprio

pensar
e pesar.

O que era
Desejo

terá ainda
mais brilho.”

Allen Ginsberg
23 de Novembro, 1984

quem traduziu foi reuben da cunha rocha. essa belíssima tradução do poema “WRITTEN IN MY DREAM BY W. C. WILLIAMS” do Ginsberg, está aqui para ilustrar, exemplificar e anunciar o novo número da revista zunái, que está “em cartaz” no endereço: www.revistazunai.com.br. o novo número está lindo, com uma primeira página amarelinha kandinskyana super-convidativa. além de uma coleção do Ginsberg, tem também poemas de odete semedo, ademir demarchi, august stramm, os haicais da japonesa chiyo-ni (traduzidos por alice ruiz), césar vallejo (em forma transdobrante, tradução de claudio daniel, videotradução de antônio moura e sonorização de maria alzira brum de lemos).

o caleidoscópio de maravilhas não acaba por aí. na sessão de contos você encontra, entre outros, o magnífico baiano joão filho. na galeria, se você for curioso, vai ficar instigado para ver de perto o trabalho de marcelo silveira, com suas instalações-esculturas-objetos. e tem mais. ricardo aleixo, sylvio back, ademir assunção, ricardo corona, rodrigo garcia lopes, frederico barbosa com poemas e delírios apontados para o cinema. ensaios sobre haroldo de campos, roberto piva. a lista não para.

com um time desses, você ainda vai duvidar? então vá lá.

Um comentário sobre “zunái – um caleidoscópio de maravilhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *