ainda sobre ontem…

um último comentário: o texto da veja realmente me deixou chateado. não apenas por causa da maldade inerente aos semanários nacionais, mas porque eu sei que no brasil essas idéias são bastante respeitadas. afinal, esse é um país onde os escritores são funcionários públicos que enquanto ficam morcegando, vão escrever uns livros clássicos aí tipo “a rosa do povo” e “memórias póstumas de brás cubas”.
eu só fico achando é que a revista dessa vez brincou com fogo, eles não deviam ter feito uma tolice dessas. escritor não é corrupto que fica abusando do dinheiro público não. é gente muito mais perigosa. desestabiliza a ordem. fica brincando…
mesmo assim, eu deixo aqui uma nota triste e mudo de assunto.

Um comentário sobre “ainda sobre ontem…

  1. Salve Léo!,
    que coisa essa matéria da Veja, eim!? adorei o texto que o ademir fez e também a leitura que o Negrão fez do fato: “revista Veja faz propaganda gratuita do Movimento Literatura Urgente”…

    Passei o texto do ademir para as listas de discussao que participo e pela força do texto dele acho que ainda vai ecoar bastante.

    me ligue depois,
    marcelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *