Corpo Quilombo na Mostra Tiradentes de Cinema

O filme Corpo Quilombo, dirigido por Leonel Costa e Patrícia Miranda, e no qual participo como não-ator, já nasceu clássico. Um trabalho denso, colaborativo, feito na garra, na cara e na coragem, na mais pura linhagem do “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”. Quando a dupla me chamou para participar, me explicando as condições, fiquei apaixonado com o projeto. Me lembrei de uma cena do filme Hitchcock, em que uma personagem diz algo como “Se lembra quando fazíamos os filmes porque era necessário? Não sabíamos se iríamos ganhar algum dinheiro com ele, mas fazíamos porque era necessário”. Esse filme, para mim, entrou direto no grupo das coisas extremamente necessárias.

Fiz essa introdução para anunciar a boa notícia: ele estará na Mostra Competitiva da Mostra Tiradentes de Cinema. A exibição acontecerá no dia 25 de janeiro às 15h no Cine Teatro Sesi.

Deixo aqui o trailer:

Corpo Quilombo Trailer(English Captions) from Vela de Macumba on Vimeo.

Uma pequena sinopse encontrada no site da Patrícia Miranda (onde você encontra também toda a lista do elenco (https://patriciamiranda.com.br/channel/corpo-quilombo-GAH5170/)

Gravado no Rio de Janeiro e São Paulo, o longa-metragem CORPO QUILOMBO é um filme independente produzido de forma colaborativa. A narrativa é estruturada a partir de dois pontos: fragmentos biográficos de personagens históricos brasileiros recriados de forma livre e personagens fictícios em um dia de reflexões e decisões que definirão rumos importantes em suas vidas.

Resistir e escapar da lógica predatória do racismo, do machismo e da homofobia é o ponto comum entre as trajetórias de cada um.

E, é claro, o link da Mostra Tiradentes de Cinema: http://mostratiradentes.com.br/programacao/filme/2404

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *