roberto piva: viver de nuvem?

roberto pivaainda no clima do comentário de ricardo aleixo, que acabo de publicar aqui, me deparo com a a seguinte notícia, publicada no final de fevereiro, no site do teatro oficina:

“Roberto Piva está melhorando de um quadro delicado de saúde, o que ocorreu com um certo retardo pela situação financeira que ele se encontra

Ele está tentando de todas as formas sair dessa: tem remuneracão de palestras que ele deu pra receber e amigos que costumam ajudá-lo, porém, está tudo atrasado e esses amigos estão também sem muitas possibilidades, o que resultou numa dívida com o condomínio de R$ 900,00. Tem sido diariamente cobrado e infernizado pelos advogados do prédio…

Ele me ligou pedindo pra eu entrar em contato com vocês pra dar a idéia de divulgar essa notícia sobre ele através do mailing do Oficina com o número de sua conta, para que pessoas que gostam dele e tenham possibilidades depositem uma quantia de dinheiro para ele poder atravessar essa fase.”

o piva, para quem não sabe, é um dos maiores gurus da poesia brasileira, que já nos anos 60 incendiava a literatura brasileira. acho que ele foi um dos poucos poetas brasileiros a fazer contracultura sem escrúpulos nem barreiras em tempos de ditadura militar.

encontra-se, neste momento, em intensa cri-atividade, com seus poemas contemporaneíssimos e mensagens de outros mundos. lançou em março o terceiro volume de sua poesia reunida, que inclui poemas inéditos, “Estranhos sinais de Saturno“. a própria luciana domschke, atriz do oficina, comentava do alto astral dele, apesar dos reveses. mas acho uma pena que tenha que ser assim, nesse país da batucada.

espero que ele já tenha saído da enrascada, mas tenho certeza que ele não vai reclamar se depositarem mais uma grana na conta dele. portanto, os interessados podem pegar os dados bancários dele [aqui].

2 comentários sobre “roberto piva: viver de nuvem?

  1. Meus Prezados,
    vocês saberiam me informar se o Piva, após decorrido mais de um ano da publicação dessa notícia, se encontra em melhor situação financeira?

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *