Arquivo da tag: literatura

Revista de Autofagia nº3

revista de autofagia nº3

está no prelo o 3º número da esperadíssima revista de autofagia. e está uma festa: litogravuras de marcelo terça-nada!, entrevista com o escritor sérgio fantini, artigo de fernanda salvo, conto de jorge rocha, poemas de micheliny verunshck, joca reiners terron, júlia studart, manoel ricardo de lima, mônica de aquino, paulo scott, guilherme rodrigues, fabrício marques, letícia féres, traduções de poemas de kenneth rexroth e bill knott por reuben da cunha rocha, entre outros. eu colaboro neste número com traduções de alguns poemas de allen ginsberg. nem precisa falar que pra mim é uma grande alegria estar aí na companhia de tanta gente boa.

a revista chegará em alguns dias e provavelmente haverá o lançamento, com saravá e muita festa. enquanto não vem, deixo vocês com uma palhinha, um poema do ginsberg. um dos melhores poemas que selecionei para traduzir. quem quiser mais, vá lá no sabor graxa. mas bom mesmo é o artefato de papel. que como diz o reuben, papel é bom porque queima.

PESQUISAS

Pesquisas mostram que as pessoas negras têm complexo de inferioridade ao ver famílias brancas

Pesquisas mostram que os Judeus se preocupam exclusivamente com a sua lascívia financeira

Pesquisas mostram que o Socialismo é um fracasso universal onde quer que seja praticado pela polícia secreta

Pesquisas mostram que a Terra foi criada 4.004 anos a.C, um Divino Bang

Pesquisas mostram que pardais, abelhas, lagartas, galinhas, porcos e vacas exibem sinais de comportamento homossexual quando aprisionados

Pesquisas mostram que a Confissão da Inerrância Batista do Sul é a mais virulenta forma da Verdade Cristã

Pesquisas mostram que 90% das pessoas que vão ao Dentista têm dentes ruins escovar seus dentes violentamente três vezes ao dia após as refeições estraga as raízes

Pesquisas mostram que Hollywood continua fazendo os melhores filmes, a sexualidade degenerada que as Nações Unidas é Boa [ ] Ruim [ ] Indiferente [ ] para os interesses americanos

Marque uma opção

Pesquisas mostram que a homossexualidade Reconstrucionista Cristã é Pecado, Lesbianismo crime contra a natureza, AIDS uma praga enviada para punir papa-Anjos gays bissexualidade desaprovada por 51% dos Americanos

Pesquisas mostram que jovens metaleiros que assistem TV alcançam maior QI do que os nativos dos rios Amazonas e Ucayali que não têm antenas

Pesquisas mostram que as orcas e as baleias apresentam Inteligência Mais Alta

Pesquisas mostram que a Corrupção Espiritual do Individualismo Elitista & a Arte Degenerada foram as causas de Ditaduras na União Soviética China e Alemanha que a posse de pornografia no Instituto da Família Americana resultou em um aumento de 35% dos crimes sexuais entre as bibliotecárias do instituto ver comportamento assassino em besteiróis de TV aumentou em 100% o comportamento de linguagem violenta pelos Chefes de Estado intercontinentais

Para concluir pesquisas mostram que o universo material não existe

Allen Ginsberg

May 20, 1992

RESEARCH

Research has shown that black people have inferiority complexes regarding white folks/ Research has shown that Jews are exclusively concerned with financial lasciviousness/ Research has shown Socialism to be a universal failure wherever practiced by secret police/ Research has shown that Earth was created 4004 B.C., a Divine Bang/ Research has shown that sparrows, bees, lizards, chickens, pigs & cows exhibit signs of homosexual behavior when in prison/ Research has shown Southern Baptist Inerrancy Confession the most virulent form of Christian Truth/ Research has shown that 90% of people going to Dentists have bad teeth/ brush your teeth violently 3 times a day after meals wear away the roots/ Research has shown that Hollywood makes the best films ever, though sexually degenerate/ that the U.N. is Good [ ] Bad [ ] Indifferent [ ] for American interests Check One/ Research has shown that Christian Reconstructionist homosexuality is Sin, Lesbianism crime against nature, AIDS a plague sent to punish gay Angelmakers bisexuality disapproved by 51% Americans/ Research has shown that teen headshakers watching TV get more IQ tests than natives of Amazon & Ucayali rivers who have no antennae/ Research has shown whales & porpoises to subscribe to a Higher Intelligence/ Research has shown that Elitist Individualism Spiritual Corruption & Degenerate Art caused Dictatorships in Soviet Union China and Germany/ that possession of pornography by American Family Institute has resulted in 35% increase in sex crimes among institute librarians/ viewing murderous behavior on TV sitcoms resulted in 100% increased violent language behavior by intercontinental Heads of State/ To conclude research has shown that the material universe does not exist

[Poema de Allen Ginsberg. Tradução: Leo Gonçalves]

prêmio governo de mg de literatura/2009

no dia 04 de dezembro último, abriram-se as inscrições para o prêmio governo minas gerais de literatura 2009. esta é a segunda edição do programa lançado no ano passado. o governo destinará R$212.000,00 para as premiações. entre os detalhes desta nova edição, está a inclusão de critérios mais definidores para cada categoria, uma maior transparência na seleção e a simplificação dos formulários de inscrição. se liga: o prazo de inscrição é até o dia 30 de janeiro de 2009.

saiba mais no site da secretaria estadual da cultura:
www.cultura.mg.gov.br

valêncio xavier

valêncio xavier não era qualquer um. era simplesmente um dos poucos prosadores que mexiam com a minha cabeça. comparo a prosa dele ao sebastião nunes poeta. suas inserções de elementos visuais e outros signos não verbais em textos inacreditavelmente não literários é simplesmente genial. a sua radicalidade desconvidava acadêmicos esfomeados de pseudopoetices. para sua sorte, valêncio passou batido. não vi em meus anos de universidade, crítico que citasse o valêncio, embora eu o achasse muito mais genial do que a maioria dos escritores que circulam nas cabeças universitárias.

lembro-me dele numa mesa memorável sobre prosa em 1998, na bienal internacional de poesia. fazia parte do bate-papo, também, o décio pignatari. ainda me lembro de seu conselho aos artistas da palavra que se valem da imagem. “que cuidem bem do seu objeto visual. ele precisa ser exato”.

valêncio foi-se nesta última sexta-feira, dia 05, aos 75 anos. acabo de saber porque, por acaso, andei visitando minha blogueteca de cabeceira. coisa que já não fazia há tempos. vi também que a imprensa cobriu o necrológio, mas o vivológio, a recordação da casa dos vivos (muito vivos, aliás), a lembrança da poesia jovem desse curitibano bacana, é nos seguintes endereços:

reuben da cunha rocha, no www.baixacultura.wordpress.com

joca reiners terron em seu blogue: www.jocareinersterron.wordpress.com. aliás, o joca já tinha escrito essa belezura em setembro deste ano: 2xVX

você também pode ler um conto do valêncio aqui.

valeu, valenX.

lançamento: revista roda nº 6

acho que ainda dá tempo: será lançada hoje a revista roda nº 6, comandada pelo mestre-sala ricardo aleixo. no novo número, uma porção de belezuras: homenagem aos 70 anos de nascimento e 40 de poesia e provocaçãm de sebastião nunes. na homenagem, um dossiê com entrevista, poemas, comentários de caras como bruno brum, glauco mattoso, ademir assunção. além de um poema de affonso ávila com o nome de “são sebastião da bocaiúva”. para quem já conhece a poesia desse cara que já é considerado um mestre de todas as gerações que vieram depois dele. além disso, a revista roda traz poemas do angolano abreu paxe, o cubano nicolás guillén, o mineiro paulo kauim e muito mais.

e em meio a este “muito mais”: o meu ensaio “os sessenta anos da anthologie – um livro inventa o presente“. uma espécie de homenagem aos 60 anos da primeira edição da anthologie de la nouvelle poésie nègre et malgache de langue française [antologia da nova poesia negra e malgaxe de língua francesa] organizada em 1948 pelo poeta e (então futuro) presidente do senegal léopold sédar senghor. meu ensaio traz também traduções de alguns poemas presentes na anthologie.

o lançamento acontece hoje, dia 16 de novembro, às 18h, no estande do Lira, instalado no 9º encontro das literaturas, no chevrolet hall.

suplemento literário de mg – set/08

reproduzo abaixo a minha colaboração recém publicada no suplemento literário de minas gerais n° 1314, setembro de 2008. o texto que escrevi é sobre o livro algo indecifravelmente veloz de andityas soares de moura, publicado em janeiro deste ano pela edium editores, em portugal. você  pode também ler o texto e todo o jornal (em formato pdf), clicando [aqui].

*******

O VÔO DESLOCADO DE ALGO INDECIFRAVELMENTE VELOZ

Existem escritores que, nascidos em certo lugar, mereceriam outra nacionalidade. Um caso clássico é Joseph Conrad, um polonês que celebrizou-se com romances escritos em língua inglesa. Outro é T. S. Eliot: um estadunidense de Missouri que tornou-se o poeta mais inglês de seu país. Também passaria facilmente por um inglês, não fosse o idioma, Jorge Luís Borges. E daí para o francês Gérard de Nerval, lembrado pelo filósofo Emil Cioran como um possível poeta alemão. Aliás, o próprio Cioran, um romeno que renunciou ao seu idioma natal para escrever somente na língua de Rousseau, que não era francês, mas suíço. Nem estou falando de autores como Luís de Camões e Gil Vicente, que colaboraram tanto para a literatura portuguesa quanto a castelhana.

Eu ia começar este artigo meio à moda de Juan Gelman: Havia uma vez/um poeta português/ Nascido numa cidade pequena/de Minas Gerais chamada Barbacena. Mas eis que a brincadeira me flagra no susto, exatamente no instante em que tenho em minha frente um exemplar de Algo indecifravelmente veloz, antologia poética de Andityas Soares de Moura publicada no começo de 2008 na cidade de San Mamede de Infesta, Portugal, pela Edium editores. Continue lendo suplemento literário de mg – set/08

programa petrobrás cultural (informe-se)

um acordo entre a petrobrás e o ministério da cultura abre novos rumos para a atual edição do programa petrobrás cultural. a novidade é que os interessados em enviar projetos não terão mais que aprová-los previamente na lei rouanet.

O “Acordo de Cooperação Técnica Ministério da Cultura – Petrobras” cria uma etapa semifinal no processo de análise/seleção do PPC, durante a qual o MinC analisará, sob os critérios e requisitos da lei Rouanet, os projetos finalistas do PPC, conferindo (ou não) a eles a aprovação na Lei Rouanet. Essa nova etapa será inserida após o final do trabalho das comissões de seleção e antes da decisão final pelo Conselho Petrobras Cultural, que definirá os projetos vencedores e uma lista de suplentes.

Dessa forma, todos os projetos vencedores, quando anunciados, já estarão aprovados na lei de incentivo fiscal, tendo então prazo de 30 dias improrrogáveis para a apresentação da documentação exigida pela Petrobras para a contratação, sob pena de convocação de projetos suplentes (que, conforme explicado acima, também já estarão devidamente aprovados na lei de incentivo).

quem quiser mais informações, prepare-se. na próxima quinta-feira, dia 28 de agosto, às 16h30, haverá um chat com a gerente de patrocínios da petrobrás, eliane costa, e o responsável pela seleção pública do setor de Literatura, giuseppe zani. a primeira hora irá tratar das questões relativas ao setor de criação literária: ficção e poesia.

fique atento às notícias no site da petrobrás:
http://www2.petrobras.com.br/CULTURA/ppc/index.asp

jerome rothenberg aqui & ali

(aproveitando uma dica do heriberto yepez)

há bem pouco tempo que venho me enveredando pelos estudos da etnopoesia. acho lamentável não encontrar muitas fontes sobre o assunto em língua portuguesa. fiquei bem feliz quando encontrei numa livraria um livro chamado “etnopoesia no milênio”, da editora azougue. da mesma forma, passeando pelo incrível site do ubu, encontrei um excelente manancial (coordenado pelo próprio jerome) sobre a ethnopoetics, oferecido para os leitores de língua inglesa. foi lá que achei o “sketch on ethnopoetics” de heriberto yepez para traduzir.

acredito muito numa poesia que chamarei “de pesquisa”, a qual encontro as primeiras prefigurações no brasileiro sousândrade, nas galáxias de haroldo de campos e em jerome rothenberg.

rothenberg é mais um que entra para a bloguesfera. ele lança seus delírios de lá da california no poems & poetics. no prospecto que ele inseriu na barra ao lado de seu espaço, um pouco daquilo que os blogueiros dizem ou diriam se tivessem lembrado de fazê-lo.

nesta era de internet e blogue, abre-se a possibilidade para uma livre circulação de obras (poemas e poéticas no nosso caso) para além de um nexo comercial ou acadêmico. eu passarei a postar algumas das minhas próprias obras, tanto novas quanto velhas, de difícil ou impossível acesso, e também, como der na telha, postar obras de outros meio à maneira de uma antologia ou revista aberta. eu tomo isto para estar na tradição dos poetas de publicação autônoma, retornando a Blake & Whitman & Dickinson, entre numerosos outros.

o poems & poetics está no:
www.poemsandpoetics.blogspot.com

além disso, você encontra mais sobre a ethnopoetics no:
www.ubu.com/ethno