Transatlântico musicado

Alguns de meus poemas têm uma função mágica para mim. Como se sua existência e sua vocalização fossem capazes de me proporcionar, a mim, seu autor e a quem quer que se aproprie dele, uma espécie de cura. Assim é para mim este poema “Transatlântico”, que aparece no meu mais recente livro, o Use o assento para flutuar.

É um poema em ritmo de mar. De tal forma que quer transformar o monossílabo mar em ação, em verbo infinitivo e suas conjugações. Que são vento, léu, deriva. Principalmente deriva. A deriva para a qual topei me entregar e que me levou, apesar de todos os reveses da vida, e que me permitiu conhecer tantos lugares, tanta poesia e, principalmente, tanta gente incrível.

Foi numa dessas derivas, perambulando por Paraty que conheci a linda cantora Elizabeth Woolley. Nos encantamos rapidamente um pelo outro. Logo, a deriva do poema também a encontrou e ela, uma mulher marinha, com sua voz de onda, musicou este que eu pensava ser um poema imusicável.

Em pouco tempo, Elizabeth, a Guzzi, como chamam seus amigos mais próximos, se tornou imprescindível para mim e agora somos parceiros com esta, outra e outras músicas que ainda virão.

Agradeço a ela por tornar real para mim o sonho da música. Estamos juntos na deriva-mundo.

*

Elizabeth Woolley é uma alma em busca dos próprios sons. Filha do contrabaixista Pete Woolley, irmã da pianista Louise Woolley, ela compõe, canta, toca violão e piano e emociona o público com bossas, jazz e outros ritmos que ela mistura em sua própria música. Se lançou como intérprete no disco Guzzi e como compositora nos discos Infindável e o infantil Urubububu.

Atualmente, ela desenvolve o projeto “Cartas de amor”, musicando poema de autores diversos, principalmente mulheres (tenho orgulho de estar entre elas com este “Transatlântico”). As canções são arranjadas por ela e seus amigos que se reúnem de tempos em tempos para gravar ao vivo. As filmagens, gravações e edições são realizadas por Flávio Tsusumi e em seguida deixadas no youtube.

Para saber mais sobre ela, vá para o site www.elizabethwoolley.com

*

Transatlântico (Elizabeth Woolley/Leo Gonçalves)

Voz : Elizabeth Woolley.
Poema falado: Leo Gonçalves.
Guitarra e Arranjo: Michel Leme.
Baixo Acústico: Bruno Migotto.
Percussão (Cajón): Rodrigo Digão Braz.
Vídeo, áudio e edição: Flávio Tsusumi.

3 comentários sobre “Transatlântico musicado

  1. lindo (:
    esse é só um prenuncio do ano que virá para vc.
    muito reconhecimento e sucesso
    e junto no pacote felicidades e parcerias estrelas guias…
    te quero sempre muito bem.
    vc, mais do que ninguém, merece cada presente da vida.
    com bjos

  2. ô patrícia, que lindo seu comentário. obrigado por me desejar tanta coisa boa. se tudo der certo, nos falaremos no final de 2014 só para agradecer as coisas incríveis que rolaram pra vc (o que me fará ainda mais feliz) e para mim no ano, sim? beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *