um poema de p. leminski

minhas 7 quedas

minha primeira queda
não abriu o pára-quedas

daí passei feito uma pedra
pra minha segunda queda

da segunda à terceira queda
foi um pulo que é uma seda

nisso uma quinta queda
pega a quarta e arremeda

na sexta continuei caindo
agora com licença
mais um abismo vem vindo

do livro caprichos & relaxos


Um comentário sobre “um poema de p. leminski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *