2 comentários sobre “Um poema de Waly Salomão

  1. Alegria de ler esse pequeno trecho, pulsos temporais enterrados, nos infinitos Universos descompassados, ocultos, enterrados.
    Gostei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *