vídeo-conferência sobre léopold s. senghor (para quem não viu)

para quem não viu a vídeo-conferência que apresentei semana passada na puc virtual, já está disponível para baixar no site da tv ponto com [link aqui]. se não quiser baixar, mas estiver afim de ver aqui mesmo no salamalandro, ajeite-se na cadeira e fique à vontade. é só apertar o play.

a videoconferência “negritude, magia e política: a poesia de léopold sédar senghor”, com o poeta e tradutor leonardo gonçalves, fez parte da série panorama arte e cultura, que é promovida juntamente com a diretoria de arte e cultura da puc minas. o projeto biblioteca digital multimídia é uma parceria da puc minas com o instituto embratel 21 e cerca de outras dez instituições universitárias e culturais. a transmissão foi feita através do portal do conhecimento, com direção e apresentação do professor haroldo marques.

4 comentários sobre “vídeo-conferência sobre léopold s. senghor (para quem não viu)

  1. Da Seção “Cartas dos Leitores” da Revista Piauí, número 19:
    (caso ainda não tenha visto)

    ENTRE POETAS
    Salvo engano, o único presidente poeta – pelo menos, poeta de valor – nos tempos modernos foi Léopold Sédar Senghor. Não sei se Barack Obama é poeta com obra ou bissexto, na acepção criada por Manuel Bandeira. De todo modo, o poema “Meu pai”, publicado no último número, é sensacional.
    ARMANDO FREITAS FILHO , Rio de Janeiro (RJ)
    nota do editor: piauí não poderia deixar de registrar que Senghor não está sozinho no panteão dos presidentes poetas: o nosso festejado José Sarney, que além de ex-presidente, romancista-escritor-acadêmico e maranhense, também é poeta. Vide o inesquecível Os Maribondos de Fogo, que, segundo Millôr Fernandes, é “um livro que quando você larga não consegue mais pegar”.

    Abraços!

    Kleber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *